7 Dicas Para Escolher a Base Glicerinada Perfeita – Confira Para Nunca Mais Errar

A base glicerinada, seja ela branca ou transparente, é a matéria-prima mais utilizada na produção de sabonetes artesanais. Na hora de comprar esse importante ingrediente é comum surgirem várias dúvidas. Afinal, existem inúmeras marcas, com diferentes formulações, aspectos e preços.

Se você está começando nessa atividade agora, ou não se adaptou às bases usadas anteriormente, não se preocupe. Preparamos ótimas dicas que vão te ajudar a fazer a melhor escolha. Confira todas e garanta sabonetes de ótima qualidade, bonitos e lucrativos!

Veja também:

Como Fazer Sabonete – Guia Absolutamente Completo para Começar

Como Fazer Sabonete de Ervas – Passo a Passo

1. Veja se a base é certificada

O que muita gente não sabe é que os sabonetes artesanais dispensam qualquer tipo de registro para serem produzidos e vendidos. Mas isso não significa que você possa usar qualquer tipo de matéria-prima nas formulações.

Para que você tenha um produto final de qualidade, trabalhe apenas com ingredientes que possuem registro na ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Essa regra também vale para corantes, extratos e essências.

2. Confira o rótulo e a embalagem

Compre apenas matérias-primas lacradas e com rótulo em bom estado. É nele estão descritas informações importantes sobre o produto que você está comprando, como data de fabricação, validade, composição e número de registro na ANVISA.

Para estar adequada ao uso, a embalagem da base deve estar em boas condições e o rótulo não pode conter rasuras (como informações riscadas manualmente ou escritas à caneta).

Veja também se o papel possui manchas. Caso tenha, evite a compra, pois esse é um sinal de umidade, que, em excesso, pode deixar seu o sabonete amolecido.

3. Observe a aparência da base

Fonte: soaplabmalaysia

Em geral, as bases glicerinadas vendidas no mercado devem ter um aspecto homogêneo – ou seja, não podem ter grumos visíveis ou diferenças na tonalidade. Caso note esses problemas, avalie a possibilidade de comprar a base de outro lote ou marca – assim a aparência dos seus sabonetes não será prejudicada.

4. Verifique o cheiro

É comum que a base tenha um leve odor de álcool e o próprio cheiro da glicerina – que é bem agradável. Mas, caso você perceba um cheiro muito forte, ou que faça você desconfiar da pureza ou da composição da base, talvez a solução seja partir para outra marca que não apresente essa característica.

5. Prefira bases hipoalergênicas

Fonte: Pixabay

Usar apenas bases hipoalergênicas (ou seja, com menores chances de causar alergias), é uma das melhores escolhas que você pode fazer. Com esse tipo de base você pode fazer sabonetes indicados até para as peles mais sensíveis, como das crianças, por exemplo.

6. Compre em lojas especializadas

Fonte: Pixabay

É mais indicado comprar a base e outros materiais em lojas que são referência no mercado, principalmente se você estiver começando. Geralmente esses locais possuem maior variedade em produtos e ferramentas, além de uma equipe mais preparada para tirar suas dúvidas.

7. Enxergue além do preço

sabonete de base glicerinada
Fonte: Pixabay

Nem sempre a base mais barata trará mais lucro para o seu negócio. E nem sempre a base mais cara será a melhor. Por isso, na hora de comprar esse produto, não foque apenas no preço, mas sim no custo- benefício.

Como avaliar a qualidade da base glicerinada

A qualidade da base glicerinada pode ser avaliada de várias formas. Leve em conta algumas das dicas listadas acima, com presença de rótulo e odor e aparência agradáveis, além do aspecto final do sabonete.

Se o sabonete ficar macio, não trincar e ficar com boa aparência, significa que essa é uma base que vale a pena ser usada mais vezes. Mas, se o sabonete apresenta problemas mesmo com o derretimento correto da base, considere trocar de marca.

Hora de colocar as dicas em prática!

Listamos algumas coisas que você pode observar ao escolher a base glicerinada para sabonetes. Quando derretida e manipulada da forma correta, te dá a garantia de um sabonete perfeito. E se você não acertar de primeira, nada de desanimar, ok ?

E não se esqueça: sempre que surgirem dúvidas ou problemas com a matéria-prima, consulte o rótulo e entre em contato com o fabricante ou vendedor imediatamente.

Gostou das dicas? Que tal começar sua produção agora mesmo? CLIQUE AQUI e tenha toda a ajuda que você tanto precisa.

Capa: naturallivingideas

Veja também:

Como Fazer Sabonete Antibacteriano – Passo a Passo Simples

Como Fazer Sabonete de Glicerina – Receita Básica

como fazer sabonete antibacteriano

Como Fazer Sabonete Antibacteriano – Passo a Passo Simples

Não é novidade que os produtos de higiene pessoal disponíveis no mercado atualmente possuem, em suas composições, substâncias químicas nocivas ao nosso corpo e ao meio ambiente. Que tal fazer um sabonete antibacteriano que protege a sua saúde e a natureza?

Com a estação do frio e do resfriado chegando, um sabonete artesanal antibactéria pode ser o presente ideal para as suas amigas ou para as crianças da família, além de ser uma ótima opção para vender e conseguir aquela renda extra no final do mês. Para esse passo a passo de sabonete artesanal, vamos usar óleos essenciais que são anti-sépticos naturais e têm propriedades de reforço imunológico. Confira aqui esse tutorial completo!

Veja também:

Como Fazer Sabonete – Guia Absolutamente Completo para Começar

Como Fazer Sabonete de Ervas – Passo a Passo

Como fazer sabonete antibacteriano – Passo a Passo

Materiais necessários

  • 1 kg de base glicerinada branca
  • Forma para sabonete de silicone ou acetato
  • 10 gotas de óleo essencial de limão
  • 10 gotas de óleo essencial antibacteriano
  • Casca de laranja seca (opcional)
  • Corante para sabonete da cor que desejar (opcional)
  • Material de apoio (panela, fogão elétrico, espátula)

Passo a passo

1.   Corte e derreta a base glicerinada

Corte a base glicerinada em cubos e leve ao fogão elétrico até que esteja completamente derretida.

2.   Acrescente os óleos essenciais

Depois de derreter totalmente a base, acrescente 10 gotas de óleo essencial antibacteriano e mais 10 gotas de óleo essencial de limão. Misture bem.

3.   Coloque o corante e as cascas de laranja

Acrescente o corante que escolheu e as cascas de laranja seca e raladas para dar textura ao sabonete artesanal, se desejar. Misture delicadamente.

Se você não gostar da textura ou do cheiro da laranja ou do limão, faça o sabonete em barra branco e com o óleo essencial do aroma que mais gostar. Ficará lindo também!

4.   Coloque o sabonete artesanal na forma

Despeje o conteúdo na forma e deixe descansar até que o sabonete esfrie e endureça.

5.   Desenforme dê o acabamento

Depois de seco, desenforme o sabonete e apare as rebarbas para deixar o acabamento mais bonito. Está pronto o seu sabonete antibactéria!

como fazer sabonete antibacteriano

Como guardar o sabonete artesanal

Depois de desenformado, seu sabonete artesanal está pronto para ser usado no banho ou na pia do banheiro para lavar o rosto e as mãos. Se for presentear alguém, enrole o sabonete em uma tira de papel estampado ou em fita colorida para dar um charme especial! Outra ideia bacana é confeccionar uma caixinha personalizada e forrar com folha de seda para acomodá-lo.

Se não planeja usar o sabonete por enquanto, guarde-o em potes de vidro tampado ou enrole-os em plástico filme. Lembre-se de que a validade da glicerina é de 6 meses, então não deixe seu sabonete antibactéria esperando por muito tempo sem ser usado!

como fazer sabonete antibacteriano

O sabonete artesanal antibacteriano, além de muito bem perfumado, não leva em sua composição nenhum ingrediente químico nocivo à sua pele e nem ao meio ambiente. Perfeito para as crianças!

Para aprender mais receitas como essa, conheça o Curso de Saboaria para ter acesso à dicas e receitas preciosas para seu novo negócio!

Imagens: HapinessIsHomemade

Veja também:

Como Fazer um Sabonete Para Pele Oleosa

Receita de Sabonete Artesanal de Toranja

como fazer sabonete artesanal

Como Fazer Sabonete – Guia Absolutamente Completo para Começar

O mercado da saboaria artesanal é uma excelente aposta para quem quer uma graninha extra, ou até criar uma nova fonte de renda. Mas muitas pessoas que querem começar no ramo ainda não sabem  ao certo como fazer sabonete. Por isso, criamos um guia absolutamente completo para quem quer começar a produzir e lucrar sem sair de casa.

O Brasil ocupa o quarto lugar no ranking mundial de consumo de cosméticos, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, China e Japão. Não há crise que abaixe as vendas dos produtos de beleza e higiene. Por isso, esse mercado é tão estável e cheio de possibilidades para investir.

A produção dos sabonetes artesanais é simples, não exige experiência ou muitas habilidades específicas. Além disso, tem um custo bem baixo. Logo, rende um ótimo lucro. Até aqui, já demos muitos motivos para você seguir aprendendo como fazer sabonete, não é? Então vamos lá!

Veja também:

Tenha Um Negócio Lucrativo com Sabonetes Artesanais

Como Fazer Sabonete Esfoliante com Bucha Vegetal

Tipos de Sabonetes

Assim como os cremes e produtos para cabelo, os sabonetes também tem uma infinidade de tipos e funções: naturais, orgânicos, fitoterápicos, medicinais, etc. E uma boa forma de começar, é investir na diversidade de seus produtos. Criando linhas para tipos específicos de pele, naturalmente, você vai atingir um público muito maior.

Os sabonetes de ervas, por exemplo, tem função adstringente e revigorante. Os tropicais refrescam e revitalizam. Os de frutas oleaginosas, como as castanhas e amêndoas, são ótimos hidratantes e tem função antioxidante.

Sem dúvidas, os grandes queridinhos são os sabonetes para pele oleosa, os medicinais, e os esfoliantes. Isso porque quem procura os sabonetes artesanais, busca uma alternativa para fugir dos industrializados, que são cheios de substancias nocivas à pele, e com o tempo,  podem até potencializar a acne e outros problemas.

Artesanal x Industrializado

A qualidade dos sabonetes artesanais é muito superior aos convencionais vendidos no mercado. Isso porque contém muito mais glicerina em sua composição, um componente umectante e emoliente de extrema importância para a pele. Além disso, os produtos podem ser enriquecidos com óleos e extratos, o que os deixam ainda mais atrativos.

Os sabonetes industrializados contêm conservantes e poucos elementos hidratantes, por isso causam ressecamento e até irritação à pele. Portanto, optar por ingredientes com melhor formulação e que sejam, além de cheirosos, benéficos à saúde da pele, é essencial. Isso vai fazer com que seu produto tenha muito mais valor no mercado e caia nas graças do seu público. Assim, seu negócio não vai demorar a decolar.

Artesanal x Natural

Você sabe qual a diferença entre o sabonete artesanal e o natural? Essa dúvida é muito comum pois eles podem parecer a mesma coisa. Mas a diferença está na base e nos processos. Entenda melhor:

Sabonete Artesanal

O sabonete artesanal é o mais comum entre os artesãos. Ele é feito a partir da base glicerinada, que já passou por um processo químico, chamado saponificação. Essa base é industrializada e vendida em lojas especializadas em saboaria e cosméticos. A partir daí, ela é derretida e se adiciona extratos, essências, óleos essenciais e corantes. Ou seja, o sabonete artesanal tem os benefícios da glicerina e dos elementos adicionados no processo, mas contém elementos químicos e artificiais em sua composição. É importante lembrar que esse tipo de base, mesmo sendo industrializada, ainda é muito superior aos sabonetes vendidos nos mercados.

Sabonete Natural

O sabonete natural é feito completamente do zero. Esse método é ideal para os artesãos que querem escolher cada ingrediente da receita. Ao invés de comprar uma base pronta e derreter, ele mesmo faz a reação a partir de óleos vegetais.

Existem dois métodos para se produzir um sabonete natural: hot process e cold process. No primeiro deles, a mistura dos óleos é feita a partir do cozimento. Sendo assim, só é preciso adicionar os óleos essenciais, extratos e ervas e deixar endurecer. Já no cold process, tudo é feito em temperaturas consideradas frias. Após a mistura dos óleos e adição de outros elementos, a massa “descansa” em local aquecido durante muitas horas até atingir a consistência ideal.

Vantagens e desvantagens

Claramente existem prós e contras de cada tipo de sabonete. O artesanal, por exemplo, tem custo e processo muito acessíveis. A base glicerinada é barata e fácil de encontrar, e o processo de derretimento é simples e rápido. A mistura fica mais cremosa, o que resulta num sabonete com aparência mais lisa e uniforme.

Em comparação aos sabonetes industrializados, ele é infinitamente melhor. Além da glicerina que hidrata a pele, os óleos essenciais podem ser adicionados à receita para enriquecê-la ainda mais.

Em contrapartida, o sabonete natural é ainda mais benéfico para a pele. Por ser completamente vegetal e normalmente conter adição de óleos essenciais extraídos de plantas e frutos, ele é realmente um excelente investimento para quem quer cuidar da saúde da pele.

Porém, o uso dos óleos e a produção caseira da base eleva muito o preço de custo e de venda do produto, o que resulta num mercado mais inacessível. O preço de uma barrinha de 100 gramas de sabonete natural pode chegar a R$20.

Nesse artigo vamos focar nos sabonetes artesanais, não vamos falar sobre saboaria natural. Leia mais sobre os tipos de bases, óleos e essências logo abaixo.

O que você precisa para começar

Não pense em gastar uma fortuna logo de cara. Como já dissemos por aqui, a produção dos sabonetes tem um custo bem acessível. Tudo que você vai precisar, inicialmente, é de base, essências e moldes. Além dos materiais de apoio que você provavelmente já tem em casa: fogão, panelas e espátulas de silicone.

Qual base usar?

Na saboaria artesanal, dois tipos de base são comumente usados: a base animal e a vegetal. A diferença entre elas é simples. A glicerina animal é composta por gordura animal, como sebo de boi ou banha de porco. Já a glicerina vegetal é feita a partir de óleos como o de palma, de babaçu ou buriti.

A partir da glicerina (vegetal ou animal) se produz a base glicerinada, aquela que já vem pronta para ser usada. Isso quer dizer que a base já passou pelo processo de saponificação, que nada mais é que a mistura da glicerina à um material alcalino, como o alcali ou hidróxido de potássio.

No mercado é possível encontrar tanto a glicerina – vegetal ou animal – pura, quanto a base glicerinada já pronta.

Como derreter a base glicerinada?

Esta parte é uma das mais importantes porque o método usado para derreter a base do sabonete interfere diretamente no resultado final.

Fogão Elétrico

Sem dúvidas, o fogão é o melhor método para derreter sua base. Com ele você terá mais segurança porque o calor é estável, e você pode regular sua intensidade. Assim, a base vai derreter por igual, e você vai estar de olho o tempo todo.

como derreter glicerina para sabonete
Fonte: Saboaria Artesanal Frutas Tropicais

O derretimento no fogão é também o mais fácil. Veja:

  • Corte a base em cubos e coloque em uma panela esmaltada.
  • Leve a panela para o fogão.
  • Mexa com uma espátula até derreter por completo.

No mercado existem fogões elétricos por preços bem acessíveis. Você encontra um fogão de uma boca, por exemplo, por até R$32. Vale muito o investimento!

Microondas

O microondas não distribui a temperatura de forma igual. Portanto, derreter 1kg de base pode demorar uma eternidade se você ficar tirando e colocando a base varias vezes até que esteja completamente derretida. Além disso, a temperatura do aparelho costuma ferver a base, o que vai fazer com que seu sabonete fique com a aparência seca e opaca quando pronto. Evite o uso do microondas se quiser que seus sabonetes fiquem lindos como os da receita.

Banho Maria

Evite ao máximo usar esse método. Isso porque a água usada para aquecer a base glicerinada pode cair dentro da preparação e acabar estragando sua receita. Além disso, o vapor do banho maria amolece a base do sabonete, fazendo com que ele não alcance a textura ideal depois de seco. Há quem diga também, que os vapores podem contaminar a glicerina com fungos e bactérias.

Essências e óleos essenciais

Para dar um toque ainda mais especial ao sabonete, são usadas essências e óleos essenciais. Esses ingredientes vão dar perfume ao seu sabonete. Mas você sabe a diferença entre eles? Pois vamos explicar bem rapidinho.

Essência

Existem milhares de essências disponíveis no mercado. Isso porque elas são produtos sintéticos, ou seja, são produzidos em laboratório e podem ter o aroma que quiser. Uma grande vantagem é que o perfume delas dura por muito tempo no sabonete, o que é ótimo. Além disso, elas são super baratas.

Por outro lado, como são artificiais, as essências não tem funções terapêuticas, como os óleos.

Óleo essencial

Os óleos essenciais nada mais são que óleos naturais, extraídos diretamente de folhas, flores, raízes, sementes, troncos ou frutas.

A grande vantagem dos óleos é que eles tem propriedades fitoterápicas comprovadas (e muito poderosas). Cada óleo contém as propriedades da planta, ou fruto do qual foi extraído. O óleo essencial de lavanda, por exemplo, tem um alto efeito relaxante.

Moldes

No mercado, existem muitos moldes de tamanhos e formas diferentes. Com certeza você vai ficar encantada e querer levar dezenas para casa. Mas inicialmente, o ideal é economizar investindo em formas quadradas, retangulares, redondas e ovais. Ou seja, formatos mais comuns que costumam agradar à todos.

Outra alternativa super legal é usar moldes alternativos. Por exemplo, uma forma de gelo pode ser uma excelente ideia para fazer kits de mini sabonetes. Recipientes retangulares de silicone (ou plástico) que você já tem em casa também são ótimos e super versáteis. Preencha-os e depois de secos, corte com faca ou cortadores de artesanato no formato que preferir.

Cuidados especiais

Criar o seu negócio de saboaria artesanal é muito simples. Mas alguns cuidados são indispensáveis para que tudo dê certo. Começando pelo local onde você vai fabricar seus sabonetes. É preciso que o espaço esteja sempre limpo, e de preferência seja usado apenas para essa função.

Não deixe de usar touca, para evitar que caiam cabelos na receita, e sempre use luvas descartáveis. Mantenha todos os materiais sempre limpos, para evitar a contaminação dos sabonetes.

Dica: Procure fazer seus sabonetes longe de janelas abertas pois a poeira pode contaminar todo o produto.

Dicas para enriquecer seus sabonetes

Diferencie e enriqueça seu sabonetes com produtos naturais. Esses elementos vão trazer ainda mais benefícios e vão deixá-los mais atraentes para os clientes. Aposte nos ingredientes de propriedades medicinais como as ervas, frutas e outros vegetais.

Para dar efeito esfoliante, adicione sementes. Elas são ótimas para a pele e deixam o sabonete muito bonito. As sementes de linhaça, chia, maracujá e camomila são excelentes, porque além de esfoliar a pele, tem efeitos terapêuticos.

Como fazer sabonete artesanal – Passo a Passo Simples

como fazer sabonete artesanal

Falamos sobre tudo que é preciso para começar a fazer sabonetes artesanais, certo? Mas agora chegamos à parte mais importante: as receitas.

É essencial ter em mãos uma boa receita, e seguir à risca cada passo. Por isso, criamos um passo a passo básico para você fazer aí em casa um sabonete artesanal de aveia e mel. Vamos lá?

Materiais Necessários

  • 500 gramas de base glicerinada branca
  • Forma de silicone
  • 3 colheres de mel puro
  • 80 gramas de aveia em flocos
  • 20 ml de lauril líquido
  • Material de apoio (fogão elétrico, faca, tábua, espátula de silicone, panela esmaltada)

Passo a Passo

1. Corte a base glicerinada em cubos e derreta no fogão.

2. Quando a base estiver líquida, acrescente o mel tampe o recipiente com um pano limpo e deixe descansar por 5 minutos.

3. Destampe e acrescente a aveia e o lauril (se quiser que o sabonete dê bastante espuma).

4. Misture com uma espátula de silicone até que a glicerina fique com a consistência cremosa.

5. Despeje a glicerina na forma.

O sabonete vai endurecer no período de 3 a 6 horas, dependendo da temperatura do ambiente.

6. Desenforme o sabonete e embale-o da forma que preferir.

8. Por último, coloque uma etiqueta de identificação contendo a data de validade e os ingredientes usados na receita.

Como divulgar e vender sabonetes artesanais

Depois de todo o trabalho, chega a hora de colocar seus sabonetes no mercado. Não se desespere! O ramo da saboaria artesanal está muito em alta e lucrar com seus produtos não vai ser difícil.

A primeiro passo é divulgar para as pessoas mais próximas à você. Venda para seus familiares, amigos e vizinhos. O famoso boca a boca é uma excelente forma de fazer seu trabalho ser reconhecido.

Parcerias

Já pensou em ter seus sabonetes nas prateleiras das lojas que você frequenta? Pois essa é uma excelente ideia. Pesquise lojas de produtos naturais, medicinais, ou artesanais. Além de ter um ponto de venda fixo, ter seus produtos expostos em lojas conceituadas no mercado vai agregar ainda mais valor ao seu trabalho.

Internet

Invista em belas embalagens e divulgue os produtos na internet. Ela é uma forte aliada para quem quer começar a vender produtos artesanais. Isso porque é um meio de divulgação gratuito com alcance ilimitado.

Crie contas nas redes sociais com o nome da sua marca e poste sempre fotos bonitas e bem iluminadas. Monte kits e promova promoções. Com certeza as pessoas vão se interessar e buscar mais informações.

Outra alternativa é colocá-los a venda em sites como o Elo7, por exemplo. Esse site é dedicado à pequenos artesãos que não pretendem criar uma loja virtual do zero. Ele permite que você crie a sua loja, dentro do próprio Elo7, e o melhor é que não é necessário ter uma empresa para se cadastrar.

como fazer sabonete artesanal
Fonte: Saboaria Artesanal Linha Fitoterapica

Agora você já sabe tudo sobre como fazer sabonete artesanal. Prepare seus materiais e comece a produção. Se aventure nos ingredientes, aromas, e formas. Assim, você vai criar sua própria marca de sucesso e lucrar fazendo algo que gosta sem sair de casa.

Se inscreva no curso de Saboaria Artesanal e tenha acesso à aulas super completas em vídeo. Além de receitas e dicas exclusivas! Clique aqui e saiba mais.

Veja também:

Como Fazer Sabonete de Ervas – Passo a Passo

Como Fazer um Sabonete Para Pele Oleosa

Como Fazer Sabonete de Ervas – Passo a Passo

Você também adora sabonetes artesanais? Aposto que sim. Não há quem não goste de ganhar ou compra-los, e quanto mais cheirosos, melhor. Por isso, vamos te ensinar como fazer sabonete de ervas. Além de serem esteticamente muito bonitos, são fáceis de fazer, e podem te render um ótimo lucro extra.

As ervas são excelentes para o corpo, porque tem funções antissépticas e anti-inflamatórias. Além disso, limpam a pele sem retirar a hidratação natural dela. Os sabonetes de ervas perfumam o ambiente e tem um efeito calmante delicioso. O passo a passo é muito fácil, e você vai precisar de poucos itens. Vamos lá?

Veja também:

Aprenda a Fazer e Vender Sabonetes e Cosméticos Artesanais

Como Fazer Sabonete de Mel em Casa

Materiais necessários

  • 500g de base glicerinada transparente
  • 50ml de essência de lavanda
  • Alecrim, alfazema e a lavanda em flor (use as ervas que preferir ou as que tiver em casa)
  • 40 ml de lauril líquido (apenas se quiser que o sabonete dê mais espuma)
  • Forma de silicone ou plástico
  • Material de apoio (fogão elétrico, faca, tábua, espátula de silicone, panela esmaltada)

Como Fazer Sabonete de Ervas

Como Fazer Sabonete de Ervas

1. Corte a base glicerinada em cubos para facilitar o derretimento. Em seguida, leve os cubos no fogão elétrico em uma panela esmaltada.

2. Quando estiver bem líquido, desligue o fogão e adicione o lauril.

Dica: O uso do lauril não é obrigatório nessa receita, mas se você gosta daquele efeito de espuma na hora do banho, adicione o produto à base.

Como Fazer Sabonete de Ervas

3. Adicione a essência de lavanda e transfira todo o líquido para um pote de plástico. Depois, adicione as ervas que escolheu para sua receita.

Dica: Se quiser dar um toque esfoliante ao sabonete, priorize ervas de folhas e galhos pequenos. Outra ideia é bater as ervas no liquidificador antes de misturá-las à base do sabonete. 

Como Fazer Sabonete de Ervas

4. Despeje na forma e deixe esfriar até endurecer.

5. Retire da forma e pronto! Envolva os sabonetes em plástico filme e você terá um excelente item para vender. Com certeza vai fazer muito sucesso!

Como Fazer Sabonete de Ervas

Viu como é um passo a passo simples? Em pouco tempo você aprendeu como fazer sabonete de ervas, que tem excelente saída no mercado. Afinal, são finos, delicados e muito cheirosos. Não há quem resista ao suave aroma da lavanda.

Compartilhe com suas amigas. Com certeza elas também vão querer fazer em casa!

Imagens: CamomilaRosa

Veja também:

Como Fazer Sabonete Gicerinado – Barra com Peixinho

Como fazer sabonete artesanal passo a passo